domingo, 31 de janeiro de 2010

Filho ou Aluno

Passei a ser fã de Rosely depois que li esse artigo. Não é fácil ser mãe-professora... Muitas vezes as situações misturam-se de uma maneira, que é dificil saber o que fazer. Então... precisamos buscar o ponto de equilibrio. Afinal, nossos filhos não devem sofrer por nossas buscas infinitas por uma educação de qualidade.

Filho ou aluno

17/12/2009
Rosely Sayão

     Temos dado importância exagerada à vida escolar das crianças. Os pais sofrem muita pressão para acompanhar "pari passu" o aprendizado dos filhos: as tarefas de casa, as notas que vêm no boletim e as reuniões com o pessoal da escola para avaliar o desenvolvimento dos filhos e o que eles chamam de dificuldades de aprendizagem. Temos, inclusive, campanhas com depoimentos de artistas famosos para incentivar os pais a ocuparem esses papéis estreitamente ligados aos estudos dos filhos.
   Quando as avaliações do filho não são as esperadas, os pais se sentem na obrigação de procurar, por iniciativa própria ou por recomendação da escola, professores particulares, psicopedagogos ou especialistas diversos para checar algum eventual problema que atrapalhe o aprendizado ou explique o baixo aproveitamento.
   Essa situação tem criado outra que considero bem delicada: cada vez mais as crianças ocupam o lugar de aluno dentro da família e, consequentemente, o lugar de filho tem se esvaziado. E esse papel é muito mais importante do que o de estudante para a formação das crianças.
   É como filho, por exemplo, que a criança aprende o penoso processo da convivência, chamado de socialização. Sim, é difícil para a criança aprender a conter suas reações, inclusive corporais, que manifestam desagrado, frustração ou mesmo sofrimento ao perceber que ela não é o centro do universo, que existem outras pessoas ao seu redor que merecem respeito. E isso, caro leitor, se aprende em casa, sem ligação nenhuma com os estudos, e exige trabalho árduo da parte dos pais.
   É também como filho que a criança aprende o princípio da obediência, como já disse. Isso significa aprender a distinguir situações e principalmente pessoas a quem precisa, necessariamente, atender. É também a educação familiar que ensina a criança a proteger os que são menores ou mais frágeis que ela.
   É com os pais que os filhos devem aprender o que é certo e o que é errado na comunidade em que vivem, a compartilhar suas coisas com os outros, a respeitar regras e princípios do grupo. É responsabilidade dos pais a formação da consciência social e moral dos filhos.
   Como o destino das crianças é o de crescer, os pais precisam, amorosamente, colocar aos filhos a imperiosa necessidade de restringir suas vontades, adiar prazeres e satisfações imediatas em função de objetivos importantes para o crescimento. Cabe aos pais a tarefa de introduzir aos filhos a realidade da vida.
   Tudo isso já é trabalho árduo e exige dos pais um relacionamento com os filhos baseado na autoridade e na afetividade e, para tanto, é preciso muita disponibilidade. Ao acrescentarmos a responsabilidade com a vida escolar das crianças, oneramos em demasia a função deles. E isso gera deficits nas suas responsabilidades originais e mais importantes.
   Por isso, um de meus votos para o próximo ano é o de que as crianças ocupem, no interior da família, o lugar de filhos, e não de estudantes. Os professores, certamente, dão conta do papel do aluno.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Qual o melhor caminho para uma educação pública de qualidade?


Em meados do 2º semestre do ano letivo de 2009 as mídias informavam que os professores temporários fariam uma prova classificatória para atribuição de classes e aulas organizada pela Secretaria de Educação. Não me recordo ao certo, mas os professores que não apresentassem um resultado satisfatório dentro dos critérios estabelecidos, não estariam aptos a desenvolverem o trabalho pedagógico com os alunos. Segundo a SEE, a ação traria a rede estadual professores mais preparados para atuarem em sala de aula.

Semana passada, li no Jornal Folha de São Paulo que provavelmente será necessário que os professores não classificados também assumam as aulas: o número foi além do esperado e faltarão docentes para as escolas estaduais.

Minha intenção não é julgar se a decisão do governo para qualificar o ensino é certa ou errada. Atitudes assim envolvem muitos fatores como: ponto de vista, concepções, ideologias, funções que cada profissional exerce no momento. É importante que a credibilidade nas propostas sejam "cuidadas" principalmente quando é divulgada e encaminhada ao objetivo final.Concordando ou discordando, os professores estudaram e realizaram as provas e de alguma forma cumpriram o que foi proposto.

Já é claro para todos que a educação pública brasileira não anda muito bem e que muitos passam as horas, os dias, os meses, o ano buscando o culpado por tal situação.

Manter a coerência dentro das diretrizes educacionais seria um bom caminho para não continuarmos assim, como diria Carlos Drummond de Andrade:



"Tinha uma pedra no meio do caminho

No meio do caminho tinha uma pedra."


segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Processo de Promoção para Docente

DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS

O Diretor do Departamento de Recursos Humanos
da Secretaria de Estado da Educação, TORNA PÚBLICA:

 

I – RELAÇÃO DE CANDIDATOS HABILITADOS para participação da prova, em cumprimento ao subitem 3.2, item 3 do inciso II do Edital de Abertura de Inscrição para prova, publicado no DOE de 23/12/2009;

II - RELAÇÃO DE CANDIDATOS que participarão da prova CONDICIONALMENTE, conforme estabelecido no Comunicado DRHU 03, de 13/01/2010 – DOE 14/01/10,

dos integrantes do Quadro do Magistério da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, das Classes de Docentes – Professor Educação Básica I e Professor Educação Básica II, Classes de Suporte Pedagógico – Supervisor de Ensino e Diretor de Escola e de Suporte Pedagógico em Extinção – Coordenador Pedagógico e Assistente Diretor de Escola.

III - RELAÇÃO DE CANDIDATOS INSCRITOS QUE NÃO ATENDEM a pelo menos um dos requisitos previstos na Lei Complementar 1.097/2009 e que, consequentemente, não poderão realizar a prova.

PROCESSO DE PROMOÇÃO P DOCENTE

sábado, 23 de janeiro de 2010

5 metas que o Brasil precisa alcançar até 2022

Tudo será possível se cada um assumir e fizer a sua parte.

Meta 1 – Toda criança e jovem de 4 a 17 anos na escola
Meta 2 – Toda criança plenamente alfabetizada até os 8 anos
Meta 3 – Todo aluno com aprendizado adequado a sua série
Meta 4 – Todo jovem com o Ensino Médio concluído até os 19 anos
Meta 5 – Investimento em Educação ampliado e bem gerido


 

Fonte: Todos pela educação

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES

O edital de abertura de inscrições para o concurso foi publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo na edição de 21 de janeiro de 2010.

clique aqui

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Você concorda?

criança sk

 

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                       

"A questão é a seguinte: o professor, se quer ser efetivamente professor, deve trabalhar com a realidade que tem em sala de aula; não adianta ficar se lamuriando, entrando em escapismos. São estes os alunos e com eles tem de trabalhar; é esta a escola, é este o país. Este é o contraditório ponto de partida."

Celso dos S. Vasconcellos

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

É preciso garantir escola pública de qualidade

 

   O Jornal Metro ABC publicou uma entrevista com MARIA DO PILAR LACERDA,  Secretária de Educação Básica do Ministério da Educação. Ela pontuou a importância da educação pública de qualidade e a realização do ensino fundamental de 9 anos.

 

clique aqui e confira na página 8 do Metro Educação.

 

Fonte: Jornal Metro ABC

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Concurso Público

clique aqui e acesse a bibliografia do concurso público para professores – Educação Básica do Estado de São Paulo.

Lula - O filho do Brasil

Acabei de ler, nesse minuto, o livro Lula - O filho do Brasil de Denise Paraná.
 As minhas expectativas eram bem maiores do que apreciei durante a leitura. Mas,mesmo assim, o cara é um líder nato. Na verdade, pelo menos no livro, o que impulsionou sua luta foi o que a ditadura fez com seu irmão. Desde aquela época o sindicato já indicava que não resolveria os reais problemas da população. Tudo é uma questão de acordo politico.
Acredito, lendo o livro, que o que fez de Lula presidente da república foi o poder de liderança, a ideologia muito próxima do povo, do povão.
O que o diferencia dos demais retirantes é que "ele deu certo". Derrubou o preconceito de que somente os ricos diplomados é que são capazes de governar.
Mas como já dizia Fernano Sabino:"Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um."

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Planejamento

A Revista Nova Escola publicou uma edição especial sobre Planejamento:
*Planos plurianuais
*Como superar o desafio de planejar o ano
*As expectativas de aprendizagem,as atividades permanetes e as situações didáticas.


 Vale a pena conferir na banca mais próxima de sua casa.

domingo, 17 de janeiro de 2010

Simples e Verdadeiro

Simples e verdadeiro. Por isso, se você optou pela educação não convém ficar reclamando. Certamente você fez sua lista e entre os itens estava: ter compromisso com a educação pública de qualidade.


Imagem: Blog do Ziraldo

Cursos Gratuitos

Metalúrgicos do ABC abrem inscrições para cursos gratuitos


Por: Redação (pauta@abcdmaior.com.br)
Aulas são em parceria com o Senai e alunos receberão certificado

   O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC realiza nos próximos dias 20, 21 e 22/01 as inscrições para 626 vagas em cinco cursos – inspetor de qualidade, desenho técnico mecânico, comandos elétricos, eletricista instalador e matemática aplicada à mecânica – gratuitos oferecidos em parceria com o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e certificados pelo Ministério da Educação.
   As inscrições devem ser feitas, pessoalmente, na subsede do sindicato em Diadema, na avenida Encarnação, 290, Piraporinha, das 9h às 18h. Em 2009, a parceria entre a entidade e o Senai formaram 1.305 pessoas. Os metalúrgicos do ABC destinam parte das vagas a não-sócios para atender desempregados e trabalhadores de outros sindicatos filiados à CUT (Central Única dos Trabalhadores). Os cursos, que até 2009 tinham duração de três meses, a partir deste ano passam a ser de seis meses.
   A inscrição para os cursos, que acontecerão na subsede de Diadema, é gratuita. Os inscritos para as vagas serão submetidos a testes específicos aplicados pelo Senai, que avaliará se têm condições de acompanhar os cursos solicitados.

Tire as dúvidas sobre as vagas oferecidas:

   Quem pode se inscrever?
Metalúrgicos associados ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e seus dependentes, acima de 16 anos: filhos (as) e esposa (marido). Todos os candidatos deverão ter cursado (ou estar cursando) até a 6ª série do Ensino Fundamental
    Quais são documentos necessários?
Cópia da carteira de identidade, carteira associativa do sindicato, último holerite (no caso dos metalúrgicos associados), carteira profissional (para os desempregados) e comprovação de que cursou ou está cursando a 6ª série.
   Qual a duração, dia e horários dos cursos?
As aulas duram seis meses e acontecem em quatro dias por semana em diversos horários, conforme o curso.

Fonte: Jornal ABCD Maior

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

MATERIAL ESCOLAR

Mais de dos 75% kits escolares nas 2010 escolas já estão nas escolas


Até o início das aulas, cerca de cinco milhões de kits contendo caderno, caneta, lápis, apontador lápis de cor, borracha, régua e mochila Estarão disponíveis nas escolas. Entre aquisição e distribuição do material, da Pasta investimento é de cerca de R $ 120 milhões
Mais de 75% do total de kits escolares Oferecidos pela Secretaria de Estado da Educação a todos os alunos do Ensino Fundamental e Médio da Rede Pública Estadual, incluindo estudantes matriculados nos programas de Educação de Jovens e Adultos (EJA), Educação Indígena e Educação Especial , já foram entregues às escolas.
Compostos por caderno, caneta, lápis, apontador lápis de cor, borracha, régua e mochila, kit custou cada pasta à cerca de R $ 27, milhões totalizando um investimento de R $ 120,5. Para adquirir o kit mesmo, comprado individualmente comuns em Papelarias, os pais de alunos teriam de desembolsar até R $ 110.
"O material escolar é condição básica para o aprendizado do aluno. Por isso, o Estado provém esses kits a todos os alunos da rede, que contarão com material novo e de qualidade para o Início das aulas em fevereiro ", disse o secretário de Estado da Educação Paulo Renato Souza.
A previsão é que todos os kits Estejam nas escolas até o início ano letivo, dia 18 de fevereiro, quando os alunos receberão o material. Serão distribuídos três tipos de kits, de acordo com o curso, sendo um para alunos da 1 ª a 4 ª série do Ensino Fundamental, um para alunos da 5 ª a 8 ª série do Ensino Fundamental e outro para alunos do 1 º ao 3 º ano do Ensino Médio.

Composição dos kits
Ensino Fundamental I (1 ª a 4 ª série)
Dos Quantidade / Discriminação itens
01 Mochila
03 Cadernos de grande brochura 96 fls.
01 Caderno de desenho
Régua plástica 01 cm (30)
01 Lápis de cor (caixa com 12 cores)
01 Giz de cera (caixa com 12 cores)
03 Lápis Grafite
02 Caneta esferográfica
03 simples Apontador
02 Borracha branca
Ensino Fundamental II (5 ª a 8 ª série)
Quantidade Discriminação dos itens
01 Mochila
02 Cadernos universitários capa dura 180 fls.
01 Caderno Universitário reciclado capa dura 180 fls.
01 Caderno de desenho
Régua plástica 01 cm (30)
01 Lápis de cor (caixa com 12 cores)
01 Tesoura sem ponta
01 Tubo de cola
03 Lápis Grafite
02 Caneta esferográfica
03 simples Apontador
02 Borracha branca

ENSINO MÉDIO
Quantidade Discriminação dos itens
01 Mochila
02 Cadernos universitários capa dura 180 fls.
01 Caderno Universitário reciclado capa dura 180 fls.
01 Caderno de desenho
Régua plástica 01 cm (30)
01 Lápis de cor (caixa com 12 cores)
01 Tesoura sem ponta
01 Tubo de cola
03 Lápis Grafite
02 Caneta esferográfica
03 simples Apontador
02 Borracha branca

Outras informações acesse: http://www.mec.gov.br/
Fonte: Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Inclusão

 

FOTOS: ANDRÉ AMERICO/METRO ABC

image

 

CLEUZA REPULHO

“VAMOS INCLUIR CERCA DE 600 ALUNOS SEGREGADOS”

A secretária de Educação de São Bernardo, Cleuza Repulho,inicia neste ano mudanças na educação para deficientes físicos e mentais.

Segundo ela, a meta é adequar o município à nova legislação, que prevê a inclusão de todos os alunos a partir de 2011. A professora

recebeu o Metro ABC na quarta-feira (6), na Secretaria de Educação.

    landing_r6_c1 Metro ABC – leia a entrevista completa na página 4 do jornal.

Fonte: Jornal Metro ABC

 

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

ESTADO DISPENSA DIRETORES DE ESCOLA SEM JUSTIFICATIVA


Enquanto não existir uma política educacional e  interesses somente em torno da educação pública de qualidade, fatos como o da reportagem acontecerão milhões de vezes.



12/01/2010-EDUCAÇÃO

    ESTADO DISPENSA DIRETORES DE ESCOLA SEM JUSTIFICATIVA


    
Por: Paula Cristina - paula@abcdmaior.com.br

    Pelo menos dez diretores em S. Bernardo foram dispensados; servidores acreditam em retaliação

O fim de 2009 trouxe uma surpresa para dez diretores substitutos de escolas da rede estadual de ensino de São Bernardo. Em 30 de dezembro, cartas informando o fim dos serviços prestados chegaram aos servidores. De acordo com diretores ouvidos pela reportagem, a dispensa não foi justificada, mas os dispensados acreditam que a medida seja uma retaliação do governo do PSDB, já que realizaram parceiras com a Prefeitura de São Bernardo, administrada pelo PT.

Os substitutos são professores concursados que deixam a função original para ocuparem cargo de confiança. São convidados a ficar no lugar de diretores, também concursados, que se afastam por motivo de saúde ou por outro qualquer. Os diretores substitutos perdem a estabilidade e podem ser dispensados pelo Estado sem justificativa. Os professores também não podem ser defendidos pela Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo).

"A carta chegou sem nenhuma justificativa. Conversando com outros diretores, percebi que não havia sido a única afastada", afirmou uma das diretoras que preferiu não se identificar. Para outro diretor, esse tipo de ação do Estado é retaliação. "Muitas escolas não seguiram a 'cartilha' imposta pela Diretoria de Ensino." Eles afirmam que não foram dispensados para a volta dos concursados. "Nos casos que tenho conhecimento, os servidores foram trocados por novos substitutos, que não conhecem a escola, e não saberão dar continuidade ao trabalho prestado", afirmou outra servidora dispensada.

De acordo com a Apeoesp, das dez escolas que tiveram os diretores afastados, seis já escolheram substitutos para os cargos. As outras quatro ainda aguardam um novo diretor.

O conselheiro da Apeoesp Fernando de Souza explicou que a entidade não pode fazer nada por esses profissionais dispensados. "Como são considerados cargos de confiança, a Diretoria de Ensino tem o poder de trocá-los. Não podemos argumentar." De acordo com o conselheiro, o ideal é que os professores não aceitem esse tipo de cargo. Mas o salário muitas vezes fala mais alto. O salário de um professor de ensino básico, com 30 horas semanais, é de R$ 1.295,76, enquanto um diretor em início de carreira, com carga horária de 40 horas semanais, recebe R$ 1.897,80. A assessoria de imprensa da Secretaria de Educação informou que este tipo de ação acontece todos os anos, e é comum por todo Estado haver mudanças naturais dos cargos.

Fonte: Jornal ABCD Maior.

domingo, 10 de janeiro de 2010

Fundação Casa de Jorge Amado

O banner da foto fica exposto na Fundação Casa de Jorge Amado.

                                                        .

DSC06026 “O que desejo é que nesta Casa o sentido da vida da Bahia esteja presente, que isto seja o sentimento da sua existência.” Jorge Amado

Concurso Público - Professor Educação Básica II

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Concurso Público - Professor Educação Básica II

 
 

O Governo do Estado de São Paulo realizará junto a Secretaria da Educação Concurso Público para Professor de Educação Básica II, nas seguintes disciplinas: Arte, Biologia, Ciências Físicas e Biológicas, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Inglês, Língua Portuguesa, Matemática, Química, Sociologia, Educação Especial: Deficiência Auditiva, Física, Mental e Visual.

As inscrições Serão realizadas exclusivamente pelo site da Fundação Carlos Chagas (http://www.concursosfcc.com.br/). Vale citar que o edital ainda não está disponível e posteriormente você poderá obtê-lo no site da FCC ou no Diário Oficial do Estado de São Paulo.

Por enquanto você pode clicar aqui para ler ou salvar as Instruções Especiais de 24/12/2009.

 
 

Outros links para informações:


 

Concurso Público - Professor Educação Básica II 

Secretaria de Educação do Estado de São Paulo

Diário Oficial do Estado de São Paulo

sábado, 9 de janeiro de 2010

A Casa do Rio Vermelho

 

Mas vivenciei outros momentos bem bacanas em Salvador.

Vamos do começo…

No Rio Vermelho tem uma praça com bares, mesas na calçada e o tradicional acarajé. Eu como não gosto da iguaria, preferi comer cocada. Em frente a praça acontece a festa da Rainha do Mar Iemanjá: as pessoas entregam oferendas em balaios e fazem pedidos.

Distante dos lugares badalados de Salvador,mas muito perto dos nativos que sempre tem muita história para contar.

Bem…

Descobri dias depois que lá também fica a casa que morou Jorge Amado e Zélia Gattai. E mais tarde que havia um livro escrito por ela “ A CASA DO RIO VERMELHO”. Comprei, estou lendo e adorando.

Zélia Gattai, de um jeito todo especial, conta como passou a residir e a amar a Bahia.

Comprei o livro na Fundação Casa de Jorge Amado que fica no Largo do Pelourinho. Um lugar, para variar, com muita história.Encantador!

 

a casa do rio vermelho

Clique na capa para ler o livro. 

 

 

 

 

 

 

 

DSC06029

landing_r6_c1

na foto para conhecer um pouco da Fundação Casa de Jorge Amado.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

FLORES PARA A ESTÁTUA?

Passei as festas de final de ano em Salvador. Fiquei hospedada em Vilas que até Salvador são 30 minutos de carro sem o bendito trânsito.

De tanto ir e vir comecei a observar que na Avenida Paralela (esse é o nome) tem uma estátua do ACM Filho, não exatamente no meio da avenida, mas numa espécie de pracinha, um canteiro central.

E numa observação mais minuciosa: flores. Flores para uma estátua? É isso mesmo.

Todos os dias alguém coloca flores, ramalhete de flores para a estátua do ACM Filho. Todos os dias!!

Fiquei muito curiosa para saber quem faz esse trabalho, ou melhor, de quem são as flores.

Ah!! E em alguns dias também observei um segurança (esse bem vivo, não era estátua) cuidando do espaço.

Diz à lenda que o governo disponibiliza uma verba para as flores.

Os Soteropolitanos que me desculpem, ou, se minha observação estiver equivocada, por favor, me escrevam.

Se alguém tiver outras informações sobre as flores, mesmo que não seja Soteropolitano, escrevam.



quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

SE TODOS PENSASSEM ASSIM...

OTIMISMO

ZÉLIA GATTAI

"Vivo me gabando de ser otimista. Aliás não me gabo propriamente, não é esse bem o termo pois não considero ser o otimismo uma virtude, cada qual é como é, uns nascem otimistas, outros pessimistas. Acho apenas que tive sorte de ter nascido otimista, não me apoquento com pouca coisa, não sofro por antecipação, acho sempre – mesmo que o céu ameace desabar sobre minha cabeça – que posso dar uma guinada e seguir em frente, acreditando em dias melhores."

Ilha das Flores

Num primeiro momento você pode pensar que o vídeo não tem pé nem cabeça. Esse é o retrato da realidade.

domingo, 3 de janeiro de 2010

Projetos para 2010

    Saiba como evitar que os projetos para o ano de 2010 caiam no esquecimento. Acesse aqui e leia a reportagem.

 

Fonte: Jornal A Tarde on line

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

FELIZ 2010!!!!

FELIZ 2010 A TODOS QUE ACOMPANHARAM OS POSTS DO BLOG, ENVIARAM OS SEUS COMENTÁRIOS E/OU LERAM POR INTERESSES DIVERSOS.

QUE NOSSA CRENÇA NA EDUCAÇÃO PÚBLICA DE QUALIDADE NÃO ESMOREÇA E QUE O ANO NOVO NOS TRAGA BOAS ENERGIAS PARA NOVAS CONQUISTAS.

Compartilho a foto da Lua que nos iluminou dois dias antes da entrada do NOVO ANO.

Rio Vermelho (10)

 

Atalho do Facebook

Sobre...

2013 5ª ENEX 5º ENEX 5º Fnex Acervo Revista Ciência Hoje Acessos Administração Municipal Adriana Falcão Amigo Animação Aprender a Aprender aprendizagem Araquém Alcântara Artes Assédio Moral Atividades Educativas Áudio autismo Avaliação Biblioteca Bicudas Bienal blog Blog do Sítio Boas Festas Brasília calvin Campus Party Cecília Meireles Celular Cenp Centro Educacional Pioneiro Charge Cidade dos Meninos Cidade Interativa Ciência e Tecnologia Colégio Caminhar Computador em sala de aula CONAE Concursos Conhecimento Conhecimentos Prévios Contação de Histórias Coordenador Pedagógico Cortinas Creative Commons Cultura Digital Currículo currículo nacional Cursos online Débora Martins Desenho Infantil Desenrolando a fita Deu Paula na TV Dica de Leitura Dicas Dicionário CC Direito Autoral Diversidade Documentário download Drive Thru de Oração e-book EAD eBooks ECA Editor de Imagem educação Educação e Formação Educação e Gripe Educação e Mudança Educação e Trabalho Educação e trabalho em equipe Educação Familiar Educação Inclusiva Educação Infantil Educação Inovadora Educação Pública EducaParty Elie Bajard Ensino de Tempo Integral Escola Escola da Ponte Escola de Governo Escola do Futuro Escola Pública Escola Reflexiva Estágio Facebook Família Feira Literária FENTEC Férias Férias;Material Escolar Fernando Pessoa Filmes Filosofia Folclore Formação Foto Flex Fotografia Fundação Lemann Gadotti Gestão Escolar google Guia da Reforma Ortográfica Helena Negreiros História da Escrita Honoris Causa Imagem Imagens Free Inclusão Inclusão Digital Índio Índio Educa Inquietações Intervenção Isabel Alarcão João Acaiabe jogo da memória Jogos Jogos do Brasil José Manuel Moran José Pacheco Leis Leitura Leitura Digital Leitura e Tecnologia Líder Liderança Líderes em Gestão Escolar Links listas de palavras Literatura livro digital livro virtual Livros livros acadêmicos lixo eletrônico Luciana Trocolli Lula Maria Helena Negreiros Marina Colasanti Matemática MEC Meio Ambiente migração do blog Minhas Anotações Monteiro Lobato Mundo do Sítio Museu Virtual Música O que é um wiki? Online Convert Open Education Week 2012 parceria Paulo Freire Paulo Freiris Pesquisa Pilar Lacerda Pinterest Pipal de Papel Planejamento PNE Poemas e Poesias Política Pública portfolio Prática Pedagógica Prezi Processo Criativo Professores Profissão Educador Progressão Continuada Project Gutenberg Projeto EntreMeios Projeto Político Pedagógico Projetos Prova Brasil REA REA Brasil Reajuste Salarial Rede In_Formação Redes Sociais Reflexão registro respeito Reunião com pais Revista Educação Pública Revista Época Revista Espírito Livre Rio+20 Roteiro de Vídeo Ruth de Aquino Saberes dos Alunos Sala de Aula Santo André Saresp Seminário Sérgio Amadeu SESC Simpósio Caminhar Site Situação de Aprendizagem Software Livre Tablets Tarsila do Amaral Tatiana Belinky Teatro Tecnologia Tecnologia;Lea Fagundes TEDxRio Tempo Tendências Pedagógicas Território do Brincar Trabalho Coletivo TV Escola Twitter Twitter Mix UNB Undime Unesp Uso da internet USP Vídeo Vìdeo Vídeo Educacional Vídeo Educacional; Voxli Webinar Wiki ZooBurst

Livres para pensar...

Pesquisar este blog

Siga o blog por e-mail

Quem sou eu

Minha foto
São Bernardo do Campo, São Paulo, Brazil
Professora, Pedagoga,Psicopedagoga, Mestranda em Educação, esposa, mãe,formadora de professores.

Eu participo....

Postagem Recente...